Celebrando a Mulher na Matemática

CELEBRANDO A MULHER NA MATEMÁTICA – CELEBRATING WOMEN IN MATH 2022

9 a 13 de Maio de 2022

(Novo!!) CERTIFICADOS (Todos em Português e Inglês) – CLIQUE AQUI

INSCRIÇÃO CWINM2022 – CLIQUE AQUI!

PARA VER A PROGRAMAÇÃO – CLIQUE AQUI!

ENVIO DE VÍDEOS DE AÇÕESCLIQUE AQUI!

LIVRO DE RESUMOS – CLIQUE AQUI!

 MINICURSO – RESUMO – CLIQUE AQUI!

O LINK DAS  SALAS VIRTUAIS SERÁ ENVIADO AOS PARTICIPANTES REGISTRADOS POR EMAIL.

ENTRETANTO, TODAS AS PESSOAS INTERESSADAS SÃO BEM VINDAS A ASSISTIR PELO YOUTUBE NO CANAL

SORTEIOS:  Sortearemos alguns brindes dentre as/os participantes durante o evento. Avaliaremos as melhores formas de envio/entrega para quem ganhar.

Suporte: FAPERJ, Instituto de Matemática-UFRJ, CCMN-UFRJ, IGEO-UFRJ, Sociedade Brasileira de Matemática-SBM, Sociedade Brasileira de Matemática Aplicada e Computacional-SBMAC, Serrapilheira.

Exibição do filme:

The Revolution Generation – Trailer Clique aqui

A Geração da Revolução
“O número de Millennials nos Estados Unidos – aqueles nascidos entre aproximadamente 1978 e 2000 – é de quase 80 milhões de pessoas. Eles são a geração mais diversificada da América, com 56% deles registrados como politicamente independentes… e cada um deles será necessário se o planeta quiser evitar a catástrofe climática.  Em A GERAÇÃO DA REVOLUÇÃO, os cineastas Josh Tickell e Rebecca Tickell (cujos filmes anteriores Fuel, Pump e Kiss the Ground examinaram petróleo, capitalismo e um caminho regenerativo para o futuro da Terra) destacam uma geração que foi descaracterizada, rotulada e ridicularizada erroneamente. Por meio de entrevistas e destacando uma teoria dos autores / demógrafos geracionais Neil Howe e William Strauss de que a história pode ser vista como uma série de ciclos de 80 anos – e dentro disso, em quatro “temporadas” que trazem consigo profundas mudanças sociais – o filme mostra o impacto da geração da Segunda Guerra Mundial, Baby Boomers e Geração X. Mas, os Millennials ocupam um lugar especial:  Eles são criadores de tecnologia social e usuários digitais nativos, são anti-corporativos, são mais empáticos do que qualquer grupo anterior… e agora precisam garantir direitos de voto, igualdade e a segurança do próprio planeta. Eles podem fazer isso? Um documentário cinético e perceptivo de uma geração e por que eles são quem são, THE REVOLUTION GENERATION também é, como diz Josh Tickell, “um manual de instruções para salvar a terra”.

Chamada para apresentação de Vídeos sobre iniciativas relacionadas a Mulheres em STEM. Inscreva sua ação enviando seu vídeo de apresentação de até 1 minuto no link https://forms.gle/eGArukHCVv286spL7

Abaixo, para maiores informações sobre comitês e palestrantes, clique sobre o nome. 

Comitê Organizador 

Comitê Científico 

Lista de palestrantes confirmadas

Palestras plenárias

Palestras curtas

Equipe de Apoio

Edições anteriores

CELEBRANDO A MULHER NA MATEMÁTICA – CELEBRATING WOMEN IN MATH 2021

24 a 28 de Maio de 2021 – Online.

CERTIFICADOS – Participantes CLIQUE AQUI

Palestrantes (Português)CLIQUE AQUI!

Mesa Redonda (Português) CLIQUE AQUI!

Talks (Plenary and talks in English) CLIQUE AQUI!

Organização de Sessão Temática CLIQUE AQUI!

Equipe de Apoio CLIQUE AQUI!

 

PARA VER A PROGRAMAÇÃO – CLIQUE AQUI!

LIVRO DE RESUMOS – CLIQUE AQUI!

 MINICURSO – PARA VER O RESUMO – CLIQUE AQUI!

TODAS AS PESSOAS INTERESSADAS SÃO BEM VINDAS A ASSISTIR PELO YOUTUBE NO CANAL https://www.youtube.com/channel/UCn4mciDtrnQndma6uhcyAMg/

EDIÇÃO 2021 VIRTUAL!   CUIDEM-SE!   FIQUEM EM CASA! 

 

Apoiam este evento: FAPERJ, Instituto de Matemática-UFRJ, CCMN-UFRJ, Parque Tecnológico da UFRJ, Sociedade Brasileira de Matemática-SBM, Sociedade Brasileira de Matemática Aplicada e Computacional-SBMAC, Comitê de Mulheres SBMAC, Serrapilheira.

 

Quando você pensa em Cientista, quem você vê?

Exibição Filme: “Picture a Scientist” – https://www.pictureascientist.com/media (Trailer).

 

MINICURSO – PARA VER O RESUMO – CLIQUE AQUI!

Minicurso: “Como fazer o Logo do CWinM21?” com Sônia Pinto de Carvalho – UFMG. Clique Aqui para detalhes.

Você gosta destas imagens? Então, participe deste workshop!

Imagens: Sonia Pinto de Carvalho – UFMG

 

SORTEIOS:  Sortearemos alguns brindes dentre as/os participantes durante o evento. A SBMAC e a SBM doaram alguns livros e revistas que também serão sorteados!! Avaliaremos as melhores formas de envio/entrega para quem ganhar.

Abaixo, para maiores informações sobre comitês e palestrantes, clique sobre o nome. 

Comitê Organizador 

Comitê Científico 

Lista de palestrantes confirmadas

Palestras plenárias

Palestras curtas

Equipe de Apoio

Confira também o site do May12:  https://may12.womeninmaths.org/

*A confirmar.

 

Eventos anteriores

Encontro Virtual – Mulheres na Matemática/Webmeeting – Women in Mathematics

Certificados das Palestrantes CLIQUE AQUI.

O evento “Celebrando a Mulher na Matemática” no Rio  foi suspenso indefinidamente, devido à emergência da COVID-19. Enquanto aguardamos por nosso evento presencial, criamos um evento virtual, nos dias 26 e 27 de Maio às 11:00h (Brasília), para que este momento tão relevante para nós, mulheres na matemática, não passe despercebido. 

As informações seguem no cartaz:

 

Resumos

26 de Maio – em português

Maria José Pacífico – UFRJ

Título: Avanços e tropeços da mulher nas ciências 

Resumo: Nesta mesa redonda, vou relatar alguns avanços e conquistas das mulheres cientistas, contrapondo com os tropeços advindos de sua condição de gênero.

Maité Kulesza – UFRPE

Título: Maternidade e pesquisa combinam?

Resumo: Pesquisas apontam que, ao se tornarem mães, mulheres cientistas baixam consideravelmente a quantidade de suas publicações. Com isso, nos últimos anos, o tema maternidade e produtividade tem sido abordado em vários artigos e mesas nos eventos acadêmicos, buscando ações que possam minimizar esse impacto na carreira das mulheres. Nesta mesa, pretendo apresentar alguns dados coletados pelo Parent in Science, apontar iniciativas já em curso em editais de pesquisa e de agências de fomento, bem como trazer a reflexão do porquê a pandemia acentuou esse impacto sobre a vida das pesquisadoras.

Anne Bronzi – UNICAMP

Título: “Grupo Elza” e “Meninas SuperCientistas”
 
Resumo: Nesta mesa redonda, apresentarei informações sobre os projetos  “Grupo Elza” e “Meninas SuperCientistas”. O grupo Elza foi criado em 2018 por alunas, funcionárias e professoras do IMECC-Unicamp e tem como função propor diretrizes e ações para diminuir a sub-representação das mulheres, bem como ações para a prevenção e o enfrentamento de casos de assédio no instituto. O ”Meninas SuperCientistas” é um projeto que tem como objetivo incentivar alunas do ensino fundamental a seguirem carreira na área de ciências, através de atividades realizadas por cientistas mulheres com as alunas, para que as mesmas possam ter exemplos da atuação de mulheres na ciência feita no país e inserir modelos nos quais elas possam se inspirar. A primeira edição do evento na Unicamp foi realizada em junho de 2019. O projeto foi inspirado no “Meninas com Ciência”, realizado por mulheres do Departamento de Geologia e Paleontologia do Museu Nacional – UFRJ.

 

Manuela Souza – UFBA

Título: Diversidade racial na Matemática

Resumo: Nessa mesa, falarei um pouco sobre a sub-representatividade das mulheres negras na Matemática citando algumas iniciativas de discussão dessa pauta como:
1) o mini-documentário Potência N (https://www.youtube.com/watch?v=untetrh5MyM&t=428s);
2) o mapeamento de Matemáticas Negras que atuam em universidades públicas ou Institutos Federais;
3) o levantamento quantitativo e qualitativo do perfil dos estudantes de Matemática da graduação e pós-graduação por gênero e raça no país (de acordo com dados do INEP e da CAPES).
 
 
27 de Maio – em inglês 
 

Corinna Ulcigrai – University of Zürich

Título: “Slow chaos”: understanding dynamics of parabolic systems

Resumo: Many deterministic systems, in mathematical models and in nature, exhibit “chaotic behaviour”: a well known feature of chaos is the butterfly effect: a small variation of initial conditions may lead to drastically different future evolutions. This talk will focus on parabolic systems, those for which the “butterfly effect” happens “slowly” (e.g. at polynomial speed). These include many systems coming from physics (such as the Ehrenfest and Novikov models of metals), (smooth) flows on surfaces and billiards in (rational) polygons. We will survey some of the mathematical characterization of chaotic features and some of the mechanisms for “slow” chaos in these systems, including recent work inspired by the ideas of Marina Ratner. 

É bem sabido que o reconhecimento da participação feminina nas áreas de STEM é ínfimo. Em particular, na área de matemática.
Existem, atualmente, diversas iniciativas na direção de maior valorização e exposição das mulheres que trabalham nessa área. Questões de gênero e minorias dentro da área de STEM vêm sendo levantadas, e busca-se intensamente por meios de reconfigurar a realidade sócio-política desses grupos dentro do ambiente acadêmico-profissional.
Na matemática, um grande passo foi dado em 2014, quando a matemática iraniana e Professora na Universidade de Stanford-EUA, Maryam Mirzakhani, foi laureada com a Medalha Fields por suas contribuições extraordinárias à dinâmica e à geometria das superfícies de Riemann e seus espaços de módulos. Sendo, então, a primeira mulher e primeira pessoa iraniana a ser reconhecida por este prêmio.
Durante o Encontro Internacional de Mulheres na Matemática, ocorrido em 31 de Julho de 2018 no Rio de Janeiro, o Comitê de Mulheres da Sociedade Iraniana de Matemática propôs que a data de aniversário de Mirzakhani – 12 de Maio – fosse reconhecida e celebrada como dia das Mulheres na Matemática.
Isto incentivou algumas sociedades internacionais de mulheres na matemática a apoiar a iniciativa do evento May 12 – Celebrating Women in Mathematics, que tem o intuito de celebrar a participação das mulheres na matemática, relacionando eventos ao redor do mundo nesta linha de pensamento, com foco principal em iniciativas provenientes da academia.

Segunda Edição: pretende-se realizar um evento maior na semana da Mulher na Matemática, com duração de 3 (três) dias, que abranja uma maior variedade dentro das áreas de pesquisa da matemática (Análise, Probabilidade e Estatística, Educação Matemática, Álgebra, Sistemas Dinâmicos, Geometria, Física Matemática, etc.), o que requer uma quantidade maior de matemáticas/pesquisadoras palestrantes no evento.
Este projeto, a ser executado em Maio de 2020, busca apoio para a segunda edição do “Celebrando a mulher na matemática”, agora com a proposta de palestras de professoras/pesquisadoras do próprio Instituto de Matemática da UFRJ, bem como matemáticas internacionais e/ou nacionais internacionalmente reconhecidas nas áreas de matemática e correlatas e, também, de incentivar a representatividade com a participação de alunas e alunos de graduação e pós-graduação.

Organizadoras: Luciana Salgado , Jaqueline Siqueira , Juliana Pimentel , Luna Lomonaco

Primeira Edição: A primeira edição do evento ocorreu em Maio de 2019 e a proposta é que ocorra anualmente no mesmo mês. Todos os eventos relacionados são organizados localmente. Na UFRJ, no dia 8 de Maio de 2019, foi realizada uma série de palestras com professoras pesquisadoras do Instituto de Matemática que um panorama de suas pesquisas acadêmicas, trajetórias, conquistas e dificuldades. Todas as iniciativas foram divulgadas no site https://may12.womeninmaths.org/ E o evento da UFRJ também está divulgado nos sites https://sites.google.com/site/lsalgadoufba/eventos—events/im-ufrj-celebra-a-mulher-na-matematica e http://www.dinamicas.im.ufrj.br/eventos/, e ainda foi anunciado no Noticiário da SBM número 8, de Junho de 2019: https:/www.sbm.org.br .

Organizadoras: Luciana Salgado e Jaqueline Siqueira